Parada do Limoeiro é inaugurada e consolida a região como polo turístico rural

O turismo rural de Londrina ganhou mais um atrativo no último domingo (28), com a inauguração da Parada do Limoeiro, iniciativa de produtoras rurais locais para ampliar o valor turístico da região que já é frequentada por londrinenses e buscada por moradores de outras cidades.

Foto: Dani Fernandes / PML

O vice-prefeito João Mendonça, representou o prefeito Marcelo Belinati na abertura e disse que a área rural de Londrina vem ganhando destaque nos últimos anos como opção turística. “Essas ações são idealizadas por pessoas que amam tanto o que fazem quanto o local em que produzem. A zona rural é forte, produtiva e precisamos cada vez mais promover a cultura do turismo rural aqui, potencializar as propriedades, porque aqui é um incentivo à cultura, à produção agrícola e à amizade”, avaliou.

Foto: Dani Fernandes / PML

A Parada do Limoeiro surgiu da ideia de Rafaela Molter Brazão, Nilsa Maciel, Kely Nagahara e Amélia Torigoe, quatro produtoras rurais da região que se obrigaram a se reinventar durante o período da pandemia do coronavírus. Nilsa, conhecida com a Nilsa Cabeleireira, teve que fechar seu salão na época, por exemplo, mas enxergou no turismo rural uma possibilidade de se reerguer e trazer junto dela outras produtoras que estavam em dificuldade.

“A Parada do Limoeiro veio de uma situação de necessidade que se transformou em uma grande ação com potencial de beneficiar muita gente. A Parada é de todos e precisamos nos unir para criar mais iniciativas dessa natureza em outras regiões da cidade”, propôs ela.

Toda a interação das produtoras durante o processo de implantação ocorreu com a intermediação do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), que foi o elo junto às demais secretarias municipais e órgãos estaduais. O presidente da Codel, Alex Canziani, lembrou das várias reuniões junto às produtoras e ressaltou o impacto da nova atividade para Londrina. “Com o apoio do prefeito Marcelo Belinati, o turismo rural vem acontecendo e sendo estimulado ao longo dos últimos anos. O impacto é grande porque gera renda, empregos e oportunidades para o produtor rural. Londrina passa a ter mais um local para quem quer ter um fim de semana diferente e agradável com a família”, comentou.

O presidente da Codel, Alex Canziani. Foto: Dani Fernandes / PML

O local fica em uma área próxima à Capela Santo Antônio, na região da Estrada do Limoeiro e vai estar aberto à população todos os domingos, entre 8h e 13h, com a venda de produtos alimentícios para viagem, artesanatos, bebidas diversas, alimentos para consumo no local com mesas, música ao vivo com músicos da cidade e da região, além de contar com amplo espaço para estacionamento.

A estrutura para o dia da inauguração envolveu tenda, som, palco, banheiro e pedregulhos para o público não pisar na terra. A ação contou com apoio da secretaria municipal de Educação, Cultura, Obras e a Codel. A CMTU e a Guarda Municipal também estiveram no local durante todo o período de abertura.

Foto: David Jônatas / Codel

Também estiveram presentes os vereadores Matheus Thum e Sônia Gimenes; Fernanda Correa, presidente da Rota do Café; Luciane da Comissão Estadual de Mulheres da Faep; Jéferson Gibelato, secretário de Desenvolvimento Social e da Família; Leonardo Salgado, liderança do Elos Clube; Almir Rogério, presidente do Rotary Londrina Sul; Deise Lima, coordenadora do Projeto Caminhos do Limoeiro; Silvio Costa, presidente da Associação dos Feirantes; representantes da vereadora Lu Oliveira, do deputado estadual Cobra, do deputado federal Padovani e da deputada federal Luísa Canziani.

Fonte: Prefeitura de Londrina