Nova edição do “Cuidando de quem cuida” reuniu 140 trabalhadores do SUAS

Cerca de 140 trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) de Londrina participaram, nesta sexta-feira (24), do Encontro Cuidando de quem cuida: A proteção como direito. Organizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), o evento reuniu trabalhadores de 21 Organizações da Sociedade Civil (OCSs) que são parceiras da SMAS. Todas as atividades foram realizadas na sede da Escola Profissional e Social do Menor de Londrina (Epesmel), situada na zona leste.

Foto: Emerson Dias / N.Com

Esta foi a segunda edição do encontro anual, realizado com o objetivo de valorizar, reconhecer e integrar os trabalhadores do SUAS. Entre o público participante, estavam motoristas, cozinheiras, auxiliares de serviços gerais, porteiros, equipes de manutenção, limpeza e demais profissionais que atuam em 42 unidades de serviços socioassistenciais no município.

A abertura do evento teve uma performance cultural dos educandos do Serviço de Convivência “União para a Vitória”, com o tema “Reciclando Sons”. E os educandos da Epesmel também apresentaram uma peça de teatro, intitulada “A proteção como direito”, com participação dos educadores Jodair Moreno e Josiani Comazi.

Cozinheira da Epesmel, Elis Paz. Foto: Emerson Dias / N.Com

Atuando como cozinheira na Epesmel há um ano, Elis Paz já tinha experiência na área, mas revelou que ter esse contato com as crianças e adolescentes atendidos pelos serviços de Proteção Social torna a função ainda mais especial. “Ver a alegria das crianças, quando elas chegam aqui e se alimentam, é algo muito gratificante. Quando o cardápio é algo que elas gostam, ficam ainda mais felizes. Aqui a gente sente o amor delas, nos transmitem alegria, é uma sensação muito boa e bem diferente de só trabalhar em cozinha. Todo dia a gente sai cansado, mas aqui estamos revigorando as forças, para no outro dia levantar cedo e começar tudo novamente”, comentou.

Foto: Emerson Dias / N.Com

O prefeito Marcelo Belinati compareceu ao evento, e parabenizou a todos os presentes pelo excelente trabalho que prestam, visando garantir os direitos e a proteção da população mais vulnerável. “Não sei dizer o que seria de Londrina sem vocês, que estão trabalhando com as pessoas que mais precisam de amor, de acolhimento, de palavras de carinho e compreensão. E vocês estão lá, ajudando, acolhendo, dando amor, salvando vidas. Vocês resgatam pessoas e garantem um futuro com vida melhor. Parabéns a toda a equipe da Assistência Social e a todas as entidades”, reforçou.

Marcelo enfatizou que a Prefeitura tem investido cada vez mais na área socioassistencial, aplicando recursos para que os serviços e direitos da população sejam garantidos a cada vez mais pessoas. “Quando entramos na Prefeitura, a cada ano, eram investidos cerca de R$ 40 milhões na SMAS, e hoje já passamos de R$ 110 milhões em investimentos. Isso significa mais entidades atuando, contratando mais funcionários, para que todo esse trabalho chegue a mais pessoas. E isso engloba todo um conjunto, criado nos últimos seis anos, para melhorar as condições de vida dos londrinenses”, disse.

Foto: Emerson Dias / N.Com

A secretária municipal de Assistência Social, Jacqueline Marçal Micali, aproveitou para reforçar aos trabalhadores a relevância do seu papel dentro da Rede Socioassistencial em Londrina. “Vocês são muito importantes para nós. Quando uma criança chega a um serviço e encontra um espaço limpo, alimentação, isso é resultado do SUAS. Se um adulto ou criança, ao chegar ao acolhimento, tem roupa, comida e cama, isso é proteção social, é resultado do SUAS. Hoje estamos aqui para afirmar que vocês são trabalhadores dessa política de assistência social, e exercem um cuidado fundamental. O dia de hoje é todo pensado para vocês, mulheres e homens trabalhadores que vendem sua força de trabalho para sustentar seus lares. Nos últimos anos, praticamente dobramos a Rede Socioassistencial do Município e isso também é geração de renda, pois foram contratados muitos novos trabalhadores. Desejo que esse trabalho tão extraordinário gere frutos para Londrina e para as famílias de vocês, e que seja reconhecido por todos”, enfatizou.

Antes do encerramento do Encontro, os trabalhadores do SUAS foram divididos em grupos e participaram de oficinas em que, coordenados por educadores sociais, refletiram e expressaram o que é Proteção Social e discutiram o trabalho que desempenham. E ao final, foi servido um café para todos os participantes.

O evento contou também com a presença da vereadora Lenir de Assis e do vice-diretor do Instituto Leonardo Murialdo, padre Vilmar Roecker.

Fonte: Prefeitura de Londrina