Cartão Comida Boa pode ser obtido na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social

Os beneficiários de Londrina que possuem direito a receber o Cartão Comida Boa, concedido pelo Governo do Paraná, via Programa Estadual de Transferência de Renda, podem retirá-lo diretamente na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS). As entregas na cidade, iniciadas após o dia 20 de janeiro de 2024, continuam sendo feitas diariamente nesse local, onde o atendimento ao público funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, na avenida Juscelino Kubitschek (JK), 2.896, Centro.

A fim de evitar deslocamentos desnecessários do público, a equipe da Gerência de Transferência de Renda da SMAS de Londrina orienta as pessoas a consultarem, antes, pelo número do CPF, se estão realmente contempladas, acessando o site do Comida Boa – www.desenvolvimentosocial.pr.gov.br/ComidaBoa .

Os beneficiários residentes na área rural de Londrina devem comparecer ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Rural, unidade localizada na rua Francisco Merighe, 89, Vila Esperança, região sul. Para mais informações, os telefones são (43) 3378-0588 e 3378-0427, e o atendimento é das 8h às 17h.

Foto: Emerson Dias / N.Com

Já quem está referenciado ao Centro Pop precisa procurar este espaço para viabilizar o cartão, das 8h às 17h, na rua Dib Libos, 25, Boa Vista, ao lado das avenidas Dez de Dezembro e Celso Garcia Cid. O contato telefônico pode ser feito pelo número (43) 3378-0417.

Rodrigo Campos de Barros, gerente de Transferência de Renda da SMAS, em exercício, informou que as pessoas que não têm acesso à internet, caso prefiram, podem ir até qualquer um desses locais verificar se possuem o benefício. Nessas unidades, as equipes da Assistência Social farão a consulta on-line no site do Comida Boa, podendo orientar o municípe e viabilizar o cartão, caso já seja possível.

Independentemente do local de atendimento, os interessados em retirar o cartão precisam comparecer levando um documento oficial com foto, e não é necessário realizar agendamento prévio. Somente os titulares do benefício Comida Boa podem buscar o procedimento, devendo estar registrados no Cadastro Único (CadÚnico).

No momento do atendimento, os próprios técnicos da SMAS já efetuam a ativação do cartão magnético, que sai abastecido com os R$ 80,00 repassados pelo programa, referente ao mês de dezembro de 2023. A validade de cada lote é de três meses, ou seja, contando com benefícios transferidos mensalmente até fevereiro deste ano. Depois, outros lotes são viabilizados pelo governo estadual, após atualização e conferência da base de dados das famílias cadastradas no programa, apurando os critérios de renda.

Foto: Emerson Dias / N.Com

O auxílio financeiro do Comida Boa é dado às famílias de baixa renda, permitindo a compra de produtos alimentícios e de higiene em estabelecimentos comerciais cadastrados. As famílias inscritas possuem renda de até R$ 210 por pessoa, priorizando quem não recebe o Bolsa Família.

Desde quando começaram as entregas do Cartão Comida Boa em Londrina, em 2024, a Secretaria Municipal de Assistência Social repassou, até o momento, 1.320 unidades, referentes ao lote de 2.463 cartões disponibilizados pelo Governo do Paraná. Do total entregue na cidade, neste lote atual, 1.075 cartões foram transferidos à população no mutirão realizado no sábado do dia 20 de janeiro, na sede da SMAS.

Segundo Rodrigo Campos de Barros, os lotes do cartão são produzidos trimestralmente pelo Estado do Paraná. Assim que os cartões chegam ao município, a Prefeitura de Londrina realiza a entrega, por meio dos mutirões feitos no fim de semana pela Assistência Social, visando facilitar o acesso ao público. “Ainda não está definido, mas a previsão é que o lote seguinte seja disponibilizado pelo governo estadual entre o final de março e o começo de abril”, indicou o gerente de Transferência de Renda, da SMAS, em exercício.

Fonte: Prefeitura de Londrina