O governo brasileiro suspendeu as importações de tilápia do Vietnã depois que a chegada de duas cargas do pescado asiático gerou polêmica entre os produtores de peixe do Brasil. Apesar da suspensão, o Brasil continua com boas relações comerciais com o mercado vietnamita.

A suspensão foi anunciada pelo ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, nesta quinta-feira, 7, durante visita ao Show Rural Copavel, em Cascavel.

“O Brasil tem excelentes relações comerciais mundo a fora e com o Vietnã, mas foi determinado ontem [terça-feira] à noite a suspensão imediata de qualquer importação de tilápia vinda do Vietnã”, garantiu.

A decisão do governo é resultado de intensos pedidos de entidades que representam o setor da criação de peixes . Ocorrre que o peixe asiático foi desembarcado no Brasil a um preço bastante inferior ao custo de produção local. Segundo representantes do setor, como as Federações de Agricultura dos Estados, o negócio pode ser considerado dumping, prática comercial predatória, caracterizada pela negociação de produtos por preços extraordinariamente abaixo de seu valor justo para outra economia nacional ou regional, com a finalidade de eliminar a concorrência comercial interna e dominar o mercado.

Ministro Carlos Fávaro, da Agricultura, com representantes de cooperativas do Paraná Foto: MAPA

O ministro falou em suspensão e não em proibição, o que significa que mais adiante o assunto voltará a ser discutido para alguma decisão definitiva.

By