A Central Saúde Já Curitiba (3350-9000) atingiu, nesta terça-feira (7/11), mais de 180 mil atendimentos desde que foram ampliados os serviços por ela ofertados, em abril de 2023. A maioria dos curitibanos que responderam à pesquisa de satisfação feita pelo aplicativo Saúde Já deram nota 4,74 para o atendimento médico, sendo que a nota máxima é 5.

“Muito feliz em ter o reconhecimento da população sobre um serviço inovador que colocamos à disposição dos curitibanos. Ampliar o acesso à saúde de qualidade é nossa meta e a pesquisa mostra que estamos no caminho certo”, disse a secretária municipal da Saúde, Beatriz Battistella.

As pessoas que buscam orientações ou atendimento de saúde pela Central podem avaliar o serviço no aplicativo. Depois de realizado o atendimento, é enviada pesquisa de satisfação, que pode ser respondida no próprio App Saúde já.

Entre abril e outubro deste ano, 9.422 pessoas avaliaram o atendimento recebido na Central Saúde Já. Cerca de 400 pacientes avaliaram o atendimento médico, responsável por consultas por telefone ou vídeo, e atribuíram nota 4,74 ao serviço.

A grande maioria dos usuários avaliou o atendimento da enfermagem, que é responsável pela primeira abordagem telefônica e a classificação de risco, além de orientações gerais de saúde e consulta de enfermagem. Foram 5.612 avaliações ao trabalho executado pelos profissionais de enfermagem.

Números

Desde que foi criada, em março de 2020, a Central Saúde Já realizou 883,5 mil atendimentos. No início, o objetivo era orientar a população sobre os riscos da covid-19 e evitar que as pessoas saíssem de casa desnecessariamente, sem, no entanto, limitar o acesso aos serviços de saúde.

Aos poucos, foram sendo incluídos novos serviços à população por meio da Central, até chegar à consolidação da oferta de consultas médicas e de enfermagem por telefone e vídeo.

“As videoconsultas são uma alternativa a mais para atender a população. Quem apresenta sintomas leves pode ligar para o 3350-9000 para resolver o problema sem sair de casa”, detalha a secretária da Saúde.

De 17 de abril até esta terça-feira (7/11), foram realizados 180,9 mil atendimentos. Entre eles, foram feitas 74,8 mil classificações de risco; 59 mil atendimentos médicos; 22 mil suspeitas de covid; 21 mil pedidos de informações e orientações.

Segunda, terça e quarta-feira são os dias de maior volume de ligações e busca por consultas médicas e de enfermagem. Já nos feriados e aos fins de semana o movimento geralmente é reduzido.

A Central Saúde Já atende de segunda a sexta-feira, das 7h às 22 h, inclusive feriados. Sábados e domingos o funcionamento acontece das 8h às 20h.

Serviços oferecidos pela Central Saúde Já Curitiba – 3350-9000

Atendimento sintomático respiratório covid-19;

Atendimento de outras queixas leves, como dor de garganta, vômito e diarreia, dor de cabeça, mal estar geral, dor abdominal, queixa urinária, dor lombar, entre outras;

Atendimento por telefone com profissionais de saúde (técnicos de enfermagem, enfermeiros e médicos);

Consulta médica por vídeo através do App Saúde Já Curitiba (Para quem tem cadastro definitivo e senha no aplicativo);

Consulta de enfermagem para apoio na amamentação;

Apoio para parar de fumar;

Orientações gerais sobre serviços do SUS Curitiba;

Agendamento de vacina covid para bebês;

Agendamento de mamografia e preventivo do colo do útero;

Agendamento de avaliação para isenção de tributos;

Agendamento para grupo de acolhida em saúde mental;

Realização de cadastro definitivo e atualizações do App;

Emissão do Cartão Nacional de Saúde – CNS;

Verificação da veracidade de atestados/documentos emitidos por profissional de saúde da SMS Curitiba;

Atualização de Carteira Vacinal – resgate de vacinas, ou seja, transcrição do registro de vacinas aplicadas em estabelecimentos que não fazem parte da rede municipal para o sistema e-saúde;

Fonte: Prefeitura de Curitiba

By