A Prefeitura de Curitiba, através da Secretaria Municipal de Obras Públicas, mantém ações contínuas na implantação e manutenção de passarelas e pontes na cidade. Essas estruturas são essenciais para o acesso dos cidadãos aos espaços da cidade, diminuindo distâncias para pedestres e ciclistas, principalmente nos bairros.

As passarelas e pontes de madeira, principalmente, além da ação das fortes chuvas, também sofrem avarias com o mau uso e com o vandalismo.

Desde 2017, 992 estruturas (pontes e passarelas, de madeira, concreto e metálicas) foram melhoradas, substituídas ou implantadas em Curitiba pela Secretaria Municipal de Obras Públicas.

Distâncias reduzidas

No Sítio Cercado, uma passarela que faz uma importante ligação entre a Praça Cícero Portes e a Unidade de Saúde Parigot de Souza foi revitalizada na última terça-feira (9/1), recebendo um novo corrimão, após uma ação de vandalismo destruir o antigo. 

Os irmãos José, 62, e Eloi Siqueira, 59, aprovaram o resultado. “Com essa madeira nova a ponte ficou bonita e bem firme, essa região é muito bem cuidada pela Prefeitura”, elogiou José. “Essas passarelas são importantes, é uma pena que algumas pessoas não as valorizam”, reforçou seu irmão, Eloi.

A diarista Angélica de Oliveira dos Santos, 33, moradora da região, relata a utilização extensa das estruturas pela população. Ela e sua família atravessam as passarelas diariamente para se locomover pelos arredores do bairro.

“As pontes economizam nosso tempo, se não estivessem aqui teríamos que dar uma volta muito grande. Elas são muito úteis para quem mora por aqui”, relata Angélica.

O serviço de trocas e manutenção de pontes e passarelas é feito em todos os bairros de Curitiba. Os pedidos podem ser feitos pela Central 156 e nas administrações regionais.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

By