Moradores, gestores e técnicos de Curitiba e de municípios da Região Metropolitana estão engajados, até o início da próxima semana, na construção do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado (PDUI)

Desde essa segunda-feira (11/12) até o próximo dia 18, são realizadas oficinas técnicas no Memorial de Curitiba (Largo da Ordem) para debater obras prioritárias, questões ambientais, mobilidade, habitação, economia, turismo e outras questões com impacto direto no desenvolvimento da área metropolitana, que congrega 29 municípios e 3,6 milhões de habitantes.

O PDUI é o documento que traça as diretrizes conjuntas da RMC para os próximos anos. Serve como instrumento legal de planejamento que define diretrizes, projetos e ações para orientar o desenvolvimento urbano das cidades, com a finalidade de reduzir desigualdades e melhorar as condições de vida da população metropolitana.

Nesta terça-feira (12/12), o tema foi Meio Ambiente e Recursos Hídricos. O diretor-geral de Urbanismo de São José dos Pinhais, José Maurício Précoma Miranda, disse que é fundamental reunir todos os municípios para definir rumos conjuntos. “Muitas vezes estamos tentando resolver problemas e desafios comuns de maneira isolada, e juntos podemos encontrar soluções de maneira mais rápida, e que atendam a todos”, comentou Miranda. São José tem cerca de 330 mil habitantes. “Nossos principais desafios agora são mobilidade urbana e habitação social”, comentou.

O secretário do Desenvolvimento da RMC, Leverci Silveira Filho, destaca a importância da participação de todos. “O planejamento da região metropolitana precisa de propostas conjuntas para questões envolvem recursos hídricos, transporte, para onde vamos crescer e de que maneiras”, afirmou Leverci.

Desta vez, são seis oficinas participativas, cada uma sobre um tema:

Planejamento Territorial e Uso do Solo (11/12)

Meio Ambiente e Recursos Hídricos (12/12)

Mobilidade Metropolitana (13/12)

Habitação de Interesse Social (14/12)

Desenvolvimento Econômico e Turismo (15/12)

Desenvolvimento Social e Patrimônio Histórico (18/12)

Cada reunião será realizada simultaneamente em três municípios: Rio Branco do Sul, Curitiba e Mandirituba.

Para moradores de Almirante Tamandaré, Araucária, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Curitiba, Fazenda Rio Grande, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras e São José dos Pinhais, as oficinas serão em Curitiba, no Teatro do Memorial de Curitiba.

Audiências públicas

Em setembro, já foram realizadas audiências públicas para garantir a participação da comunidade na construção coletiva do plano, incluindo gestores municipais, vereadores e deputados estaduais. Os debates foram organizados pela Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (Amep), criada este ano pelo Governo do Estado para coordenador funções públicas de interesse comum no Paraná.

Serviço

Oficinas participativas do Plano de Desenvolvimento Urbano Integrado

Data: de 11 a 18/12

Horário: 14h

Local: Teatro do Memorial da Cidade de Curitiba (R. Dr. Claudino dos Santos, 79 – São Francisco)

Fonte: Prefeitura de Curitiba

By