Após mais um ano com ações voltadas às mulheres curitibanas, o projeto FAS para Elas promoveu, nesta terça-feira (12/12), um evento para encerrar 2023. A cerimônia incluiu o reconhecimento a todas as instituições envolvidas com o programa, uma palestra sobre empoderamento financeiro e um compartilhamento de experiências.

A festa aconteceu no auditório do Mercado de Orgânicos do Mercado Municipal, no Centro, e reuniu representantes dos 10 Centros de Referência de Assistência Social (Cras).

O FAS para Elas promove a descoberta de habilidades, capacitação profissional e aumento da empregabilidade de mulheres em situação de vulnerabilidade social. Ao longo do ano, o projeto também ofertou Feiras de Trocas, que promovem a Economia Solidária.

Compartilhamento de experiências

Uma das atividades promovidas no evento foi o compartilhamento de experiências das participantes e organizadoras do programa. Um dos depoimentos foi de Joice Guimarães, participante do projeto no Cras Vila Sandra, na Regional CIC.

“Minha experiência com o Cras começou em agosto, quando fui fazer o Cadastro Único. Eu não tinha certeza se deveria ir lá, mas acabei indo, e fiz a entrevista para o FAS para Elas. Quando me convidaram para participar eu não tinha ideia do que iria fazer lá”, relata Joice.

Ela também conta como o projeto foi importante para ela: “Depois que fui pela primeira vez, falei para minha mãe: ‘Eu quero ir sempre’. Foi tudo muito bom, eu realmente precisava me comunicar e me relacionar com outras pessoas daquele jeito. Eu me emociono só de lembrar disso”.

Palestra #partiunovosprojetosdevida

O evento também contou com uma palestra de Larissa Hack, empreendedora e dona da Batom Empreendedorismo e Pertencimento. Ela apresentou os seus trabalhos de prevenção e combate à violência contra mulheres, por meio do empoderamento financeiro, também incluindo episódios de sua própria trajetória.

“Há anos eu falo como é importante que as mulheres consigam gerar a sua renda, para que tenham independência econômica e consigam ficar longe de relações abusivas”, explica a empreendedora.

Ela apresentou cinco habilidades necessárias para alcançar a independência econômica, como entender as suas competências, ter coragem e inteligência, ter criatividade diante dos problemas, formar novos relacionamentos, e assumir responsabilidade.

Com o empreendimento Batom Empreendedorismo e Pertencimento, Larissa Hack foi finalista do prêmio Empreendedora Curitibana 2021, na categoria Impacto Socioambiental. A iniciativa é promovida pela Prefeitura de Curitiba e pelo Vale do Pinhão, por meio da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação.

FAS para Elas

Administrado pela Função de Ação Social (FAS), o FAS para Elas foi lançado como projeto-piloto em dezembro de 2021, na Regional Tatuquara, e foi levado a todas as regionais em 2022. Durante encontros semanais, as mulheres participam de oficinas de educação financeira, competências empreendedoras pessoais, empreendedorismo, marketing pessoal e informática básica.

O projeto usa a hashtag #partiunovosprojetosdevida e faz parte do plano de governo municipal, atendendo aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para erradicação da pobreza no mundo.

Instituições participantes em 2023

O projeto neste ano teve a participação de um Centro de Referência de Assistência Social de cada regional de Curitiba. Confira os participantes:

Madre Tereza (Regional Bairro Novo)

Pilarzinho (Regional Boa Vista)

Alto Boqueirão (Regional Boqueirão)

Acrópole (Regional Cajuru)

Vila Sandra (Regional CIC)

Vila Torres (Regional Matriz)

Novo Mundo (Regional Pinheirinho)

Parolin (Regional Portão)

Santa Felicidade (Regional Santa Felicidade)

Santa Rita (Regional Tatuquara)

Fonte: Prefeitura de Curitiba

By